Possui graduação em Ciências Políticas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1981), mestrado em História da Cultura pela mesma universidade(1993), doutorado em História Social pela Universidade Federal Fluminense (1999) e livre-docência em História da África, época moderna, século XVI - início do XIX (2012) pela FFLCH - USP. Desde 2001 é professora do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, atuando na graduação e na pós-graduação. É pesquisadora CNPq de produtividade em pesquisa nível 2, triênio 2016-2019. Atualmente dedica-se à história da África centro-ocidental nos séculos XVI-XIX, com atenção especial aos temas ligados à presença do catolicismo entre os povos centro-africanos e suas articulações com o comércio e com as organizações políticas. Membro do Núcleo de Apoio à Pesquisa Brasil-África da USP. Além de trabalhos sobre a África centro-ocidental, tem trabalhos na área de cultura popular e cultura afro-brasileira, especialmente ligados às festas e cultura material.

Sala: J2
E-mail: marinamsouza@usp.br
Currículo Lattes
Linhas de pesquisa:História da África central; catolicismo no Congo e Angola; cultura afro-brasileira; religiosidades africanas.

Orientação dada
Mestrado e Doutorado
 
Algumas publicações
Livros
  • Reis negros no Brasil escravista. História da festa de coroação de rei congo. Link
  • África e Brasil africano.
  • Paraty, a cidade e as festas.
Artigos
  • Santo Antônio de nó-de-pinho e o afro-catolicismo brasileiro.
  • Catolicismo negro no Brasil: asntos e minkisi, uma reflexão sobre miscigenação cultural.
  • Brazilian Ministry of Culture Public Policy Scholars, 1999-2000.
  • Reis do Congo no Brasil, sécs. XVIII e XIX - Revista de História nº 152 - Departamento de História da Universidade de São Paulo.
  • As conexões escravistas do Brasil no mundo atlântico
  • Recreating Africa