Docentes Aposentados

Maria Luiza Tucci Carneiro

 
 
 
 
 
 
 
 
Graduada em História pela Universidade de São Paulo (1972), com Mestrado em Estudos Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1973), Mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1981) e Doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (1987), Livre-Docente pela FFLCH-Universidade de São Paulo. Ingressou como Docente na USP em 1984 nas disciplinas de História Ibérica e, posteriormente, em História do Brasil Independente. Coordenou, entre 1999-2009 o Projeto Temático Fapesp "PROIN- Projeto Integrado Arquivo do Estado/Universidade de São Paulo", responsabel Inventário Deops/SP. Atualmente coordena o LEER- Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação, junto ao Depto de História da USP, onde desenvolve o projeto Arqshoah -Vozes do Holocausto. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Moderna e Contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: deops, holocausto, autoritarismo, antissemitismo e memória. Autora dos livros: Diez mitos sobre los judios, Trad. Carol Colffield (Madrid: Cátedra, 2016); Dez mitos sobre os judeus (São Paulo: Ateliê Editorial, 2014); Citoyen du Monde: Le Brésil face à l' Holocauste et aux réfugiés juifs, vitimes du nazisme, 1933-1948, Trad. Marie-Jô Ferreira, (Paris: L'Harmatan; Fapesp, 2016); Weltbürger: Brasilien und die jüdischen fluchtlinge, 1933-1948, Trad. Marlen Eckl (Lit Verlag; Fapesp, 2014); Brasil Judaico, Mosaico de Nacionalidades (São Paulo: Maayanot, 2014); Cidadão do Mundo: O Brasil diante do Holocausto e dos refugiados do nazismo, 1933-1948 (Perspectiva; Fapesp, 2010); O Anti-semitimo na Era Vargas, 1930-1945, 3ed.(São Paulo: Perspectiva, 2001); Judeus e Judaísmo na Obra de Lasar Segall, em co- autoria com Celso Lafer (São Paulo: Ateliê Editorial, 2004); Preconceito Racial em Portugal e Brasil Colônia, 3ed. (São Paulo: Perspectiva, 2004); O Veneno da Serpente (São Paulo: Perspectiva, 2003); Imprensa Confiscada pelo Deops, em co-autoria com Boris Kossoy (São Paulo: Imprensa Oficial, 2003); Livros Proibidos, Ideias Malditas, 2ed. (São Paulo: Ateliê Editorial, 2002); Holocausto, Crime contra a Humanidade (São Paulo: Ática, 2000); Brasil, Refúgio nos Trópicos, edição bilíngue (São Paulo: Estação Liberdade, 1999); O Negro na Iconografia Brasileira do Século XIX, em co-autoria com Boris Kossoy, 2ed. (São Paulo: Edusp, 2004). Organizadora das coletâneas: Histórias Imigrantes; Caminhos Cruzados, co-organizdo com Sedi Hirano; Tempos de Fascismos, co-organizado com Federico Croci; Japoneses no Brasil, co-organizado com Márcia Yumi Takeuchi; Histórias Migrantes, co-organizado com Sedi Hirano (Humanitas); O Anti-semitismo nas Américas: História e Memória. Prefácio Pilar Rahola (EDUSP). Coordenadora das coleções: Histórias das Imigrações (EDUSP); Histórias da Intolerância (Humanitas-USP); Histórias da Repressão e da Resistência (Humanitas-USP); Testemunhos (Humanitas-USP); Inventários DEOPS (Imprensa Oficial; Humanitas). Prêmio Jabuti em Ciências Humanas: 2011, 2004 e 1994. Sites: www.usp.br/leer e www.arqshoah.com Contato: leer@usp.br e malutucci@gmail.com (Texto informado pelo autor)
 
Sala: M3
Linha de Pesquisa: História Política

Maria Odila Leite da Silva Dias


Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1961), mestrado em História Social pela Universidade de São Paulo (1965) e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (1972). Realizou estágios de pesquisa no British Museum, na Bodleian Library da Universidade de Oxford, na Universidade de Yale e na Library of Latin American Studies da Universidade do Texas, em Austin. Foi bolsista pesquisadora da John Simon Guggenheim Foundation e Visiting Professor da Fundação Tinker. | Atualmente é Professora Titular aposentada da Universidade de São Paulo, onde mantém atividades de orientação de mestrado e doutorado . Recebeu o titulo de Professora Emerita da Faculdade de Filosofia da USP em 2013. Foi Professora Associada da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo,de 1996 a 2013, quando aposentou-se. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil Colonial e Império, atuando principalmente nos seguintes temas: historiografia, teoria da historia, historia social, historia urbana, escravidão, relações de gênero, da cultura. (Texto informado pelo autor)

Email: modila@uol.com.br
Currículo Lattes

Modesto Florenzano

 

 

 

 

Graduado em Historia e doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (1973 e 1994) . É atualmente Professor Titular de História Moderna na mesma Universidade. Sua área de especialização é História Moderna e Contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: História do pensamento político e História das Revoluções no Ocidente entre os séculos XIV e XIX.
(Texto informado pelo autor)

Sala: corredor
E-mail: modestof@usp.br
Curriculum Lattes
Linhas de pesquisa: História política.
Orientação dada
: Mestrado e doutorado.
Artigos

  • Tocqueville e a história política: seu (en)cobrimento e (re)descobrimento pela historiografia francesa do século XX.
  • República (na segunda metade do século XVIII – História) e Republicanismo (na segunda metade do século XX – Historiografia).

Páginas